Fenômeno dos agroglifos se intensifica no Brasil

O impressionante agroglifo surgido em Ipuaçu no último 31 de outubro
O impressionante agroglifo surgido em Ipuaçu no último 31 de outubro

Há evidências de que o fenômeno dos agroglifos, ou círculos ingleses na denominação mais comum, ocorra há séculos na Grâ-Bretanha, de onde vem seu nome mais popular. No Brasil, essas misteriosas ocorrências passaram a surgir somente a partir de 2008, quando o primeiro desenho foi descoberto em uma plantação na cidade de Ipuaçu. Até hoje essa cidade, situada no oeste de Santa Catarina, concentra a maior quantidade de agroglifos descobertos no Brasil.

O extraordinário fenômeno tem se repetido com impressionante regularidade, sempre entre o final de outubro e início de novembro. Além disso, os agroglifos têm surgido cada vez mais complexos e maiores a cada ano. O desenho chamado de ponta de flecha de 2009, por exemplo, impressionou a Ufologia Brasileira por seus detalhes e complexidade. Em 2013 surgiram dois enormes sinais, cada um com mais de 50 metros de extensão, que foram objeto de um detalhado laudo elaborado pelo professor universitário, policial, perito criminal do Instituto de Criminalística do Paraná e consultor da Revista UFO Antonio Inajar Kurowski, que pode ser conferido nos links abaixo.

Em 2014, mantendo a regularidade, outros dois grandes sinais foram descobertos, porém infelizmente foram rapidamente destruídos pelo proprietário das terras onde surgiram. Felizmente houve tempo para seu registro, também destacado nos links abaixo. Finalmente, neste ano de 2015, comprovando que o fenômeno dos agroglifos está crescendo no Brasil, o primeiro sinal foi descoberto não em Ipuaçu, mas no Paraná, na cidade de Prudentópolis. Divulgado em 07 de outubro, foi analisado pelo editor da Revista UFO, A. J. Gevaerd, acompanhado por uma equipe de produção da Novelo Filmes. Parceira da Revista UFO, a produtora está realizando um documentário sobre os agroglifos para o The History Channel e pôde registrar o impressionante sinal, com dois anéis de diferentes tamanhos de cerca de 50 metros cada, em cuja intersecção foi formado um círculo central de 20 metros de diâmetro. Na extremidade de um dos anéis maiores se observaram quatro círculos menores compondo o agroglifo.

O agroglifo de Prudentópolis filmado por um drone
O agroglifo de Prudentópolis filmado por um drone

E novamente, mantendo o comportamento observado nos últimos anos, em 31 de outubro último surgiu em Ipuaçu mais um sinal. Descoberto pela equipe da Novelo Filmes, a eles se reuniu novamente A. J. Gevaerd, e todos puderam constatar as impressionantes características do agroglifo. Suas dimensões são de 100 m por 80 m, em um círculo externo ovalado com 4 elipses idênticas no interior, cada uma de 30 m de comprimento por 8,5 m de largura. As elipses são cortadas por um círculo interno de 40 m de diâmetro, cujas plantas foram dobradas no sentido anti-horário. As plantas que formam as pétalas, por sua vez, foram dobradas em sentido horário. Nas fotos ao nível do chão se percebe que as plantas estão deitadas irregularmente, fato devido às fortes chuvas que têm caído na região sul. De destacar o fato de que vizinhos da propriedade afirmaram ter observado na noite anterior, por volta das 23h00, uma luz de cor neon iluminar a plantação e refletir-se na água do açude onde as testemunhas pescavam.

Assista ao vídeo do Agroglifo de Ipuaçu realizado com um drone:

Assista ao vídeo realizado em Prudentópolis da Novelo Filmes:

Fonte: Revista UFO, em 04/11/2015.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s